fbpx Tireoidite de Hashimoto | Amato

Tireoidite de Hashimoto

Tireoidite de Hashimoto

Tireoidite de Hashimoto

O Hipotireoidismo é causado, na grande maioria das vezes, pela diminuição da função da glândula tireóide, o chamado Hipotireoidismo primário.
A Tireodite de Hashimoto e Hipotireoidismo são na maioria das vezes conseqüentes da destruição auto-imune da tireóide; ou seja, o próprio organismo produz anticorpos (Anti Tireoperoxidase - Anti TPO e Anti Tireoglobulina) contra a tireóide, levando a sua destruição e disfunção. Em adultos, o aparecimento do Hipotireoidismo é geralmente tão insidioso que as manifestações típicas podem levar meses ou anos para aparecer, e passarem despercebidas. Os sintomas desse doença são decorrentes da falta da Levotiroxina (principalmente o chamado T4 livre), hormônio produzido pela tireóide. No entanto, o diagnóstico do hipotireoidismo não pode ser feito somente pelas queixas do paciente (pois essas queixas são muito comuns em outras doenças não tireoidianas) e depende muito de testes laboratoriais devido a inespecificidade do quadro clínico.  
O tratamento do Hipotireodismo / Hashimoto é simples. O paciente deverá usar a Levotiroxina (o próprio hormônio tireoidiano) diariamente. Essa medicação não causa efeitos colaterais na maioria dos pacientes; deve ser tomada em jejum, com água pela manhã, o paciente não deve ingerir alimentos ou outras medicações até pelo menos 30 minutos após a medicação. O paciente deverá ter retornos frequentes com seu Endocrinologista para avaliar se a dose da medicação esta adequada, uma vez que durante a vida, um mesmo paciente pode necessitar de doses diferentes da medicação para manter o metabolismo adequado.
Tanto a Doença de Graves quanto a Doença de Hashimoto podem ocorrer dentro da mesma família pois frequentemente compartilham fatores de susceptibilidade genética.
 
 
Marque sua consulta com a Dra Lorena Lima.

O que você acha deste artigo?: 
0
No votes yet